Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2006

Pirâmides de Gizé no Maravilh'Arte 21

Pirâmides de Gizé (2600 - 2500 a.C.), Egipto
As Pirâmides de Gizé, as mais antigas e únicas sobreviventes das Antigas Maravilhas do Mundo, são testemunho da perfeição na arte e no design nunca posteriormente alcançada. Foram construídas por projectistas e engenheiros unicamente para servir aos seus soberanos terrenos, e que eram também os seus deuses. Àquela altura não existia a filosofia e a sua criação não foi sequer posta em causa. As pirâmides eram a mais pura das construções, e foram concebidas para a eternidade. (Este texto foi retirado daqui).
Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.

N'A Verdade Escondida, Fallen Angel refere:
As três pirâmides de Gizé Keóps, Quéfren e Miquerinos, foram construídas como tumbas reais para os reis Kufu (Keóps), Quéfren e Menkaure (pai, filho e neto), que dão o nome às pirâmides. A primeira delas, Keóps, foi construída há mais de 4500 anos, por volta do ano 2550 A.C.., chamada de Gra…

Desabafo...

Que bom seria fechar os olhos, enroscar-me e esquecer, nem que fosse por breves momentos, TUDO o que tenho urgentemente para fazer. O verdadeiro estado das coisas... aqui.

Petra no Maravilh'Arte 21

Petra (9 a.C. - 40 d.C.) Petra, Jordânia


Aretas IV (9 a.C. a 40 d.C.). Peritos no domínio da hidráulica, os nabateus dotaram a cidade de um enorme sistema de túneis e de câmaras de água. Um teatro, construído à imagem dos modelos greco-romanos, dispunha de capacidade para 4000 espectadores. Actualmente, os túmulos reais de Petra, para além da fachada de templo helénico, com 42 metros de altura, do mosteiro de El-Deir, constituem exemplos impressionantes da cultura do Oriente Médio. (Este texto foi retirado daqui) Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.

No ESCRITA em Dia, Carlos Narciso conta que:
É difícil dizer o que senti quando vi aquela cidade esculpida na pedra pelos homens, vento e água. Como se pode fazer uma coisa tão espantosa como aquela?
Dizem os canhenhos que chegaram a viver ali 50 mil pessoas. A cidade existe desde o século V a.C., mas há ali perto vestígios de ocupação humana da Idade da Pedra. Hoje é um des…

O Castelo de Neuschwanstein no Maravilh'Arte 21

Castelo de Neuschwanstein (1869 -1884) Füssen, Alemanha
O Castelo de Neuschwanstein foi construído numa altura em que os castelos e as fortalezas já não eram necessários do ponto de vista estratégico. Foi, antes, obra da fantasia pura e simples, uma bela composição romântica de torres e muralhas localizadas numa paisagem perfeita de montanhas e lagos. A combinação de vários estilos arquitectónicos e a riqueza de detalhes têm inspirado gerações tanto de crianças como de adultos. (Este texto foi retirado daqui)
Lituratus, em Como Peixe na Água diz-nos que:
Não foi fácil arranjar imagem substituta à altura, mas acho que não podia ter escolhido melhor. Acredito que haja quem discorde, mas entre ter à minha frente a Scarlett Johansson ou o Castelo de Neuschwanstein, vou sem dúvida pelo segundo. E acerta quem está a pensar que desta lista, o castelo é mesmo o meu eleito. Chamem-me romântica...
Enquanto que Wednesday do H2o Tinto diz:
Fui visitar o castelo de Neuschwanstein (estas fotos não fui …

O Machu Picchu no Maravilh'Arte 21

Machu Picchu (1460 - 1470) Machu Picchu, Peru
No século XV, o imperador inca Pachacutec edificou uma cidade nas nuvens, na montanha conhecida como Machu Picchu (“velha montanha”). Este extraordinário povoado está localizado no Planalto dos Andes, nas profundezas da floresta amazónica e acima do rio Urubamba. Abandonada pelos incas devido a um surto de varíola e após a derrota do Império Inca pelos espanhóis, a cidade foi considerada “perdida” durante mais de três séculos. Foi redescoberta por Hiram Bingham em 1911. (Este texto foi retirado daqui)
O Iuri Amazonas esteve lá e conta:
Nada melhor do que começar o blog com uma foto da melhor viagem que já fiz. Essa terra nos faz repensar tudo o que já vimos sobre arquitetura e nos mostra como a ganância dos homens pode fazer desaparecer um povo inteiro, com suas tradições, belezas e, principalmente, suas habilidades incompreedidas.

A Rainbow, no As Cores da Minha Vida diz que:
Um dos mais enigmáticos sítios arqueológicos do mundo. No Perú, e…

O Kremlin e a Praça Vermelha no Maravilh'Arte 21

Kremlin e Praça Vermelha (1156 - 1850) Moscovo, Rússia
Inicialmente construído para residência de Ivan I, o Kremlin foi a residência oficial dos Czares até à Revolução Russa de 1917. Actualmente, abriga o gabinete oficial do presidente russo. Em frente ao Kremlin , encontra-se a Praça Vermelha, uma praça imponente e exuberante que muitas pessoas associam às infames manifestações do primeiro de Maio. Perto da praça está localizada a Catedral de S. Basílio, construída na década de 1550 para comemorar a captura da fortaleza mongol de Kazan por Ivan, o Terrível. (Este texto foi retirado daqui)
Acácio,O Atónito explica:
O coração de Moscovo ainda é o Kremlin, símbolo do poder e autoridade soviéticos. Ali, os antigos palácios reais e deslumbrantes zimbórios das catedrais dominam as muralhas de tijolo da Praça Vermelha, que encerra o mausoléu de Lenine e onde se assiste, no dia 1 de Maio, à demonstração do poderio militar soviético. As muralhas do Kremlin (1485-1495), sobranceiras ao Moskva, t…

O Templo de Kiyomizu no Maravilh'Arte 21

Templo de Kiyomizu (749 – 1855) Quioto, Japão
Concebidos no ano de 794 d.C., os palácios e templos de Quioto foram as residências dos shoguns e dos imperadores do Japão durante mais de 1000 anos. O imperador japonês é entronizado no Palácio Imperial Gosho. Entre outros edifícios dignos de referência, encontram-se os complexos de templos de Higashi Honganjie Nishi Honganji, o Templo Kinkakuji com o “Pavilhão Dourado”, e o Templo de Kiyomizu, templo das “águas cristalinas”. São vários os monumentos de Quioto que foram destruídos e por várias vezes reconstruídos durante o curso da história, encontrando-se hoje entre os locais da Ásia classificados como Património Cultural da Humanidade. (Este texto foi retirado daqui)
O Adilson descreve, no Por Dentro da Ciência que:
Na parte da tarde tivemos folga. Fui na excursão da conferência conhecer alguns lugares interessantes. Sem dúvida o melhor foi o templo Budista Kiyomizu-temple.

No seu Rita Xau Xau, a Rita conta:
A Sra. Hirota, antiga agente tur…

O Expresso das 13 horas e 50 minutos

Malas, sacos, portáteis... Tropas, alunos, professora... A chuva cai com força! Nos vidros, frios, correm gotas... rápida ou lentamente... Lá fora as cores de Outono pintaram a paisagem. Nos campos surgem pequenos riachos que descem até à estrada, agitados. A neblina cerca-nos. Primeiro suave como o fumo de um cachimbo. Depois cerrada, sombria. A noite cai. Escura. Fria. O verde ficou para trás. As luzes aproximam-se. A agitação cresce... O relógio faz tic-tac. Os automóveis acumulam-se, inertes, desprovidos da sua arte... O olhar perscruta o conhecido, o desejado... e tic-tac... tic-tac... Kronos não pára! Kronos não parou... E o jantar das 21h foi o jantar das 22h!

A Basílica de Santa Sofia no Maravilh'Arte 21

A Basílica de Santa Sofia(532 – 537 d.C.) Istambul, Turquia
A Basílica de Santa Sofia foi construída durante o reinado do imperador Justiniano (532 – 537 d.C.), quando o império bizantino se encontrava no auge do seu poder e influência. A gigantesca cúpula, que constitui a sua característica arquitectónica mais marcante, tem desde então servido de modelo para a construção das mesquitas islâmicas. De fato, após a queda de Bizâncio, a Santa Sofia foi convertida em mesquita otomana. Actualmente o monumento é um museu que contempla tanto a religião cristã como a muçulmana. (Este texto foi retirado daqui)
A Filipa, no Turista Acidental, escreve assim:
Converteste Roma, converteram-se depois a ti, mas serás sempre Sofia, a Senhora de Istambul.
No Trotamundos podemos ler:
Construída no século VI, olhando para cima encontram-se símbolos islâmicos e cristãos.
Por sua escala enorme e arquitectura interior deslumbrante, é o monumento mais conhecido de Istambul.
No corredor de entrada, afrescos e mosaic…

A Grande Muralha da China no Maravilh'Arte 21

A Grande Muralha da China (220 B.C and 1368 - 1644 A .D.)
Grande Muralha da China foi construída para ligar fortificações já existentes, criando um sistema de defesa unificado que impedisse as invasões do território chinês por tribos mongóis. É o maior monumento já construído pelo homem e o único visível do espaço. Muitos milhares de pessoas pagaram a construção desta estrutura colossal com a própria vida. (Este texto foi retirado daqui)
Conta-nos a Elsa que: Foram 2 semanas de formação que tiveram momentos muito bons: o espirito de grupo que existia entre os ocidentais, o conhecimento pessoas de diversas nacionalidades, a possibilidade de pisar a Grande Muralha da China e a Cidade Proibida (que nunca pensei ser possível tão cedo e tão barato), a capacidade de desenrasque desenvolvida ao máximo, a linguagem gestual melhorada, o contacto com uma cultura tão diferente, o alargamento dos nosso horizontes, o aumento da tolerância, a expressão engraçada das crianças...

E em This Is Your Life

Três meses à janela...

São feitas as colheitas, os campos estão secos, cheira a pinheiros...

Surgem as primeiras chuvas, os campos ficam verdejantes, cheira a terra molhada...Nascem ovelhas, ouvem-se ao longe...As árvores tingem-se de castanho, vermelho, amarelo...


As nuvens enchem o céu e o arco-iris vem deslumbrar o meu horizonte.

Torre Eiffel no Maravilh'Arte 21

Criada por Gustave Eiffel, esta magnífica torre de aço tornou-se o símbolo não só de Paris, como de toda a França. A estrutura é não apenas um ponto de referência reconhecido em todo o mundo, mas talvez mesmo a obra arquitectónica mais conhecida do mundo ocidental. Foi, até à construção do Empire State Building, a estrutura mais alta feita pelo homem. A torre é visitada por seis milhões de pessoas todos os anos. (Este texto foi retirado daqui).
Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.

No Turista Acidental, a Filipa afirma:
Criada para ser efémera, conquistou a imortalidade.
Por seu lado, o WondermOOn, informa que:
Segundo o site oficial da Torre Eiffel, se EU tirar uma foto com a MINHA máquina da Torre Eiffel com a iluminação acessa durante a noite, essa foto está sujeita a copyright!
E a Mãe Frenética, transcreve uma conversa telefónica:
Ele - Não consegui antecipar o voo...
Eu - Não faz mal... o que vais fazer até logo?
Ele - A…

Estátuas da Ilha de Páscoa no Maravilh'Arte 21

Descoberta num domingo de Páscoa pelo explorador holandês Jakob Roggeveen, este conjunto de esculturas de pedra com 25 metros de altura continua a intrigar historiadores e arqueólogos quanto à sua origem. Segundo se crê, uma comunidade de origem polinésia ter-se-á estabelecido aqui durante o século IV, dando início à invulgar tradição da escultura de grandes dimensões. Estas enormes figuras de pedra, conhecidas pelo nome de Moai, teriam sido erigidas entre os séculos X e XVI e desde então não param de fascinar o mundo inteiro dotando a ilha de uma atmosfera mítica. (Este texto foi retirado daqui).

Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.
N' Arkivão, a Ana d'Or relata que: Foi no seu apogeu que a civilização da Ilha de Páscoa, construiu aquelas estátuas gigantescas, cada vez maiores, exaurindo recursos para ergue-las, a ponto de acabar com todo o meio ambiente.

Por seu turno, o Carapaus com Chantilly, cita alguém que …

Coliseu de Roma no Maravilh'Arte 21

Este grandioso anfiteatro foi construído no centro de Roma em honra aos legionários vitoriosos e para celebrar a glória do império romano. O seu design conceitual mantém a actualidade até aos nossos dias, uma vez que, passados cerca de 2000 anos, praticamente todos os modernos estádios desportivos continuam a ter o cunho inconfundível do design original do Coliseu. É através do cinema e dos livros de história que hoje temos noção das lutas cruéis e dos jogos que tinham lugar nesta arena, para júbilo dos espectadores. (Este texto foi retirado daqui). Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.
N' A Curva da Estrada, a Papalagui conta que:Quando me vi perante o Coliseu de Roma e do outro lado o que terá sido a casa do debochado mor do Império Romano, ocorreram-me de imediato esses tempos, os do Nero, do porco debochado, do libertino imoral entregue aos prazeres de Baco sem reservas, e, de novo, ouvi a minha querida avó evoc…

Cristo Redentor no Maravilh'Arte 21

Esta estátua de Jesus, com cerca de 38 metros de altura, situa-se no topo do morro do Corcovado com vista sobre o Rio de Janeiro. Projectada pelo brasileiro Heitor da Silva Costa e concebida pelo escultor francês Paul Landowski, é um dos monumentos mais conhecidos em todo o mundo. A estátua levou cinco anos para ser construída e foi inaugurada no dia 12 de Outubro de 1931. Tornou-se o símbolo da cidade e do afável povo brasileiro, que recebe quem os visita de braços abertos. (Este texto foi retirado daqui).

Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.
No Blog by Dani, a Dani explica-nos que:O ano era 1921 e a campanha "Semana do Monumento" pedia a contribuição dos católicos para a construção da estátua do Cristo Redentor. O projeto, que começou a ser planejado naquele mesmo ano, só recebeu fundos uma década depois, quando o arcebispo Dom Sebastião Leme passou a coordenar o projeto. Os primeiros esboços deste cartão-p…

Pirâmide em Chichén Itzá no Maravilh'Arte 21

A pirâmide em Chichén Itzá (anterior a 800 d.C.), Pení­nsula de Yucatan, México, Chichén Itzá, a mais famosa Cidade Templo Maia, funcionou como centro político e económico da civilização maia. As várias estruturas - a pirâmide de Kukulkan, o Templo de Chac-Mool, a Praça das Mil Colunas, e o Campo de Jogos dos Prisioneiros - podem ainda hoje ser admiradas e são demonstrativas de um extraordiná¡rio compromisso para com a composição e espaço arquitectónico. A pirâmide foi o último e, sem qualquer dúvida, o mais grandioso de todos os templos da civilização maia. (Este texto foi retirado daqui).

Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.
No Lost in Lisbon, a ŠAЯA conta que: De todas as maravilhas, só estive em Chichén Itzá e adorei, adorei, adorei, esta pirâmide é fantástica e escusado será dizer que tive de subir até lá cima, apesar do enorme calor que se fazia sentir. Mas é realmente um espectáculo, não só a pirâmide como todo o…

Ankor no Maravilh'Arte 21

Angkor é o monumento mais importante do império Khmer do sudeste da Ásia e o maior templo sagrado do mundo. Construído durante o reinado do rei Suryavarman no início do século XII, Angkor é famoso pela complexidade de detalhes e pela sua extraordinária beleza. Com fossos de água, muralhas concêntricas e a magnífica montanha onde se situa o templo localizada no centro, Angkor simboliza o cosmos hindu, com os oceanos em volta e com o monte Meru como centro do universo. (Este texto foi retirado daqui).
Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.
No Lost Words, a Alexia explica que: É considerado uma das mais espectaculares obras da humanidade, onde se reconstitui o mundo mítico dos deuses hindus em perfeição.
Os templos de Angkor, um paraíso encoberto na floresta, são a maior atracção do Cambodja.Foi construído em meados do século XII e a sua arquitectura é uma alegoria à religião hindu. A torre central permanece no monte Meru que…

Alhambra no Maravilh’Arte 21

Mohammed I, o primeiro rei dos Nazaris – uma das dinastias mouriscas de Granada – converteu um castelo do século IX em sua residência privada, dando origem ao que conhecemos hoje como a Alhambra. A estrutura, que ocupa uma área de 13 hectares, é conhecida pelos belíssimos frescos e pelos pormenores do seu interior. O edifício constitui também um dos mais belos exemplos da arquitectura mourisca em todo o mundo, sendo uma das atracções turísticas mais visitadas na Europa. (Este texto foi retirado daqui).
Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.
O Casccalenseconta que: Ao cimo duma das colinas vê-se o imponente Alhambra, o palácio construído em época de cidade árabe e passada de mãos em mãos por judeus e cristãos. Guarda a cidade no meio de uma beleza verdejante acima do rio Darro e ao lado do enorme bairro do século XVI - El Albaicín é composto por inúmeras casas e vivendas de cor branca, telhados acastanhados, azulejos e tij…

Acrópole de Atenas no Maravilh'Arte 21

Construída no cume daquela que ficou conhecida como a "Colina Sagrada de Atenas, a finalidade da Acrópole seria irradiar poder e protecção para os seus cidadãos. Os templos da Acrópole tornaram-se os mais famosos pontos de referência arquitectónicos dos tempos antigos e modernos. Actualmente, o Parténon, em particular, constitui um símbolo internacional da civilização grega. O próprio logótipo da UNESCO é composto por uma ilustração gráfica do templo, representando a cultura e a educação. (Este texto foi retirado daqui)
No âmbito do Concurso Maravilh'Arte 21, aqui ficam, em jeito de apresentação das candidatas às 7 Novas Maravilhas do Mundo, algumas impressões blogosféricas. Nos Retratos de Viagens, Travelpeople explica-nos que:
Acrópole (do grego acro: alto, elevado – polis: cidade) é a parte da cidade construída nas partes mais altas do relevo da região. A posição tem tanto valor simbólico, elevar e enobrecer os valores humanos, como estratégico, pois dali podia ser melhor de…

Maravilh'Arte 21 - Concurso de Desenho para Crianças

As geralmente conhecidas Sete Maravilhas do Mundo, todas obras concebidas por mãos humanas, foram seleccionadas por Philon de Bizâncio em 200 a.C. Hoje, somente as pirâmides de Gizé, no Egipto sobrevivem.
Todas tinham sido construídas entre 2.500 a.C. e 200 a.C. e podem ser conhecidas aqui.
Nos nossos dias, tal como Pierre de Coubertin renovou os Jogos Olímpicos em 1896 numa versão moderna da competição, o fundador Bernard Weber de New7Wonders procura renovar o conceito das sete maravilhas do mundo com esta campanha global ambiciosa - As Novas 7 Maravilhas do Mundo.
A diferença chave é que desta vez não serão escolhidas apenas por um homem, mas sim por milhões de pessoas pelo mundo inteiro.
As Novas 7 Maravilhas do Mundo poderão ser escolhidas com o contributo de cada um de nós e para isso basta votar aqui.
Porque se trata de uma iniciativa a nível mundial,
Porque viajar é bom, mesmo quando só o podemos fazer através da Internet, Porque é bom poder participar na votação, e para votar é bom c…

Pormenores de Sábado à Tarde...

... no Escadório da Nossa Senhora dos Remédios (Lamego).

As doces recordações da Educação de Infância

Dos oito anos como Educadora de Infância muitas recordações ficam na minha memória: Os beijos de ficar com a cara molhada; O apertar da mão, o afagar do cabelo, o abraço sentido de um obrigado; O olhar traquina e o sorriso do "não fui eu!"; A lágrima que corre no rosto quando se esfola o joelho e o olhar "cuida de mim"; Os bolsos da bata cheios de tralha; A tinta nas mãos; Os muitos desenhos que recebi repletos de corações; Contar histórias e sentir o silêncio da imaginação; Correr no recreio com 26 crianças atrás de mim e depois deixar-me apanhar por elas!... Agora como Orientadora é assim:34 alunas correm atrás de mim e eu deixo-me apanhar por elas; Conto histórias de quando estava a trabalhar no Jardim-de-infância e sinto o silêncio do confronto de experiências; Recebo toneladas de planificações todas as semanas; Percebo as dúvidas, as interrogações e as certezas que se dissipam ou que se formam; Vejo o olhar traquina e o sorriso de quem tenta um "Oh Professora deixe ent…

A mania das Manias!!!

A vizinhança quer conhecer as minhas manias.
(só me lembro do Marco Paulo a cantar "Taras e Manias" e a passar o micro de uma mão para a outra!!!!)




Nitinha, Jardim dos Pequeninos e Sorriso de uma papoila... vou tentar responder.


Fui ver ao dicionário e encontrei:
do Lat. mania < Gr. manía, loucura
s. f.,
espécie de
perturbação ou excitação caracterizada por aferro a uma ideia fixa;
fig.,
mau costume;
excentricidade;
esquisitice;
extravagância;
desejo imoderado, excessivo
Não sou muito dada a excentricidades (talvez se jogasse no Euromilhões...), nem a extravagâncias , maus hábitos ou desejos imoderados por isso manias.... não sei se são... mas, manias ou não, aqui ficam:Tenho a mania de escrever... sobre educação, sobre o que sinto e penso. Escrevo no blog, num caderno, em folhas de papel branco... Tenho a mania de organizar (por pastas e dossiers) documentos, trabalhos de alunas, artigos científicos, trabalhos da tese... Tenho a mania de tirar o anel do dedo quando estou a falar para…

O que há em mim é sobretudo cansaço

O que há em mim é sobretudo cansaço
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo,ele mesmo,
Cansaço.



A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto alguém.
Essas coisas todas -
Essas e o que faz falta nelas eternamente -;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.



Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossivel,
Há sem dúvida quem não queira nada -
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...



E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto...
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah, com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço,
Íssimo, íssimo, íssimo,
Cansaço.



Álvaro de Campos

Eu aprendo, tu aprendes, nós aprendemos...

Hoje estive a observar o estágio de umas alunas do 4º ano de Educação de Infância. No grupo de crianças dos 3 aos 5 anos, voltei a sentir aquela adrenalina de ver surgir a possibilidade de realizar um projecto com as crianças. Os seus olhos entusiasmados, as ideias a surgir rapidamente, a descoberta de coisas que não sabiam e que podiam descobrir, procurar e investigar... Apesar das diferenças geográficas, culturais e sociais entre Lisboa e Lamego, apesar de Modelos Curriculares e formas de Pensar e Viver a Educação Pré-escolar que, não raras vezes, divergem em vários aspectos das minhas convicções e concepções de Educação... uma coisa é, para mim, certa: as crianças devem ser escutadas! Não é ouvir e dizer o «sim, sim» de quem não escuta nada e continuar a fazer com as crianças aquilo que tão estruturadamente tinha sido planeado (e que tinha demorado horas a fazer). É deixar-se levar pelo entusiasmo da descoberta das crianças, ficar com o brilho nos olhos tal como elas... e, se precis…