Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2008

já era...

"ilusão" tirada daqui

Com a gripe quase curada e o fim-de-semana à porta, poderia-se pensar em 100% descanso!!! Mas o fim-de-semana prolongado é ilusão... o portefólio da formação está para terminar e palpita-me que não se faz sozinho... argh!!!

quase assim...

mas com vontade de estar assim...



E agora vou trabalhar!!!

(des)apontamento educativo

Num tempo marcado por acontecimentos sociais e políticos e considerado, por uns e por outros, de crise internacional, pode parecer uma mesquinhice mas... não consigo mais calar o meu desapontamento com a educação. Olho para os onze anos que passaram e quando vejo onde ainda estamos não consigo ficar alheia ao desapontamento que sinto. Talvez esteja numa outra fase da minha construção de identidade profissional, talvez esteja realmente a ver a realidade docente e educativa do nosso país. Quer olhando para a Educação Pré-escolar quer olhando para o Ensino Superior (formação de Educação de Infância em particular), sinto desapontamento... principalmente com a maioria dos profissionais que lá trabalham. Talvez esteja a ser injusta. Talvez o meu desapontamento não seja com a Educação em si mas com as pessoas da educação. E talvez mesmo assim continue a ser injusta (sei que ainda há bons e dedicados profissionais, resta saber durante quando tempo conseguirão resistir). Professores agredidos e …

segredos e... surpresas!!

Quando se diz a uma criança que vai haver uma surpresa, a sua curiosidade fica em estado de alerta.
Quando se lhe diz que não se pode dizer qual é a surpresa porque é segredo, a sua curiosidade fica ao rubro.
E quando, perante a insistência da criança para que lhe seja contada a surpresa, o adulto lhe diz que tem de esperar e que os segredos não se podem contar porque senão deixam de ser segredos, a criança, ao ouvido do adulto, revela:
"conta-me já o segredo senão vou dizer a eles todos que fazes xixi na cama!" E perante o "segredo" prestes a ser revelado, acabei por surpreender a criança com uma gargalhada que não consegui esconder!

montes

Durante o ano passado era algo frequente encontrar ovelhas ou cabras quando ía aos jardins-de-infância das aldeias ao redor de Lamego. Agora que estou num jardim-de-infância na cidade... os montes verdes deram lugar a escadas de cimento por entre prédios... mas todos os dias o bode e a cabra lá estão a pastar com o seu ar citadino! Hilariante foi vê-lo subir as escadas (quem sabe a caminho de casa) com ar de pintas!