terça-feira, abril 07, 2009

Novas leituras

Chamou a minha atenção por este parágrafo:

"o futuro pertence a um tipo diferente de pessoas, com uma nova inteligência: os designers, os inventores, os professores, os contadores de histórias - indivíduos criativos e empáticos, cujo raciocínio privilegia o lado direito do cérebro. É essa capacidade que marca hoje a diferença entre êxito e o fracasso".

E passo a explicar:

Professora fui e educadora sou. Gosto de pensar que sou contadora de histórias desde criança. Acho que o meu cérebro às vezes anda um pouco baralhado sem saber qual hemisfério deve usar mais vezes. A parte do êxito cativa-me mais do que a do fracasso e já tinha percebido que criatividade é um bem muito precioso hoje em dia.

Achei que eram algumas boas razões para o livro me interessar até porque não é um tipo de leitura que habitualmente faça. Agora que o estou a ler acho que veio apoiar a leitura que tenho vindo a fazer do mundo há já algum tempo.

Leia mais aqui, aqui ou aqui

2 comentários:

Anónimo disse...

Foi o livro que te descobriu?ou foste tu que descobriste o livro?

beijinhos
R.B.

Rute disse...

R.B.: Foi uma daquelas sugestões de leitura que por vezes recebo via mail (por isso foi o livro que me encontrou). Quando quis ser eu a encontrar o livro, foi mais difícil porque na Fnac estava na secção de psicologia em vez de estar em gestão. Olha que é uma boa leitura para ti e para a tua mãe! ;)