Avançar para o conteúdo principal

"O Capuchinho Cinzento... Então não era Vermelho?!"

Todos nós já fomos crianças, vimos e sentimos o mundo da perspectiva do Ser Criança. Ouvimos ler e contar histórias, vivemos aventuras imaginárias em castelos encantados, fomos princípes e princesas, atravessámos florestas encantadas para levar o lanche à avozinha...

Hoje, já adultos, estamos mais conhecedores (ou não) do mundo que nos rodeia, vimos as coisas da nossa perspectiva do Ser Adulto. E o que acontece quando lemos ou contamos uma história às nossas crianças (filhos, sobrinhos, alunos...) e percorremos os trilhos que pensávamos conhecer tão bem?

A Cinderela e a Branca de Neve ainda são princesas? O Capuchinho Vermelho ainda é Vermelho? Ainda é uma criança ou já tem "o rosto cheio de rugas"?

Para todos aqueles que crescem e que, apesar das rugas, continuam crianças, ler é sempre uma visita à infância, que convida ao sonho e à comemoração da vida.

Proposta de Leitura: "O Capuchinho Cinzento" de Matilde Rosa Araújo e ilustração de André Letria.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

Coisas de Crescidos...

Temporariamente em modo de "crescida" e afastada do jardim... mas não por muito tempo! Até já.

Dêem voz às crianças

Um artigo muito interessante, de leitura breve e bem actual.

The Disturbing Transformation of Kindergarten