terça-feira, abril 25, 2006

"O Capuchinho Cinzento... Então não era Vermelho?!"

Todos nós já fomos crianças, vimos e sentimos o mundo da perspectiva do Ser Criança. Ouvimos ler e contar histórias, vivemos aventuras imaginárias em castelos encantados, fomos princípes e princesas, atravessámos florestas encantadas para levar o lanche à avozinha...

Hoje, já adultos, estamos mais conhecedores (ou não) do mundo que nos rodeia, vimos as coisas da nossa perspectiva do Ser Adulto. E o que acontece quando lemos ou contamos uma história às nossas crianças (filhos, sobrinhos, alunos...) e percorremos os trilhos que pensávamos conhecer tão bem?

A Cinderela e a Branca de Neve ainda são princesas? O Capuchinho Vermelho ainda é Vermelho? Ainda é uma criança ou já tem "o rosto cheio de rugas"?

Para todos aqueles que crescem e que, apesar das rugas, continuam crianças, ler é sempre uma visita à infância, que convida ao sonho e à comemoração da vida.

Proposta de Leitura: "O Capuchinho Cinzento" de Matilde Rosa Araújo e ilustração de André Letria.

Sem comentários: