Avançar para o conteúdo principal

Pequenos Agricultores

No nosso jardim de infância temos uma pequena horta. No início do ano lectivo o avô de uma criança foi ensinar-nos como se trata de uma horta e juntos semeámos favas e ervilhas.


Ao longo dos meses fomos acompanhando o evoluir da nossa horta: a surgir dos primeiros rebentinhos, o crescer das folhas e das flores da fava e da ervilha, o aparecimento e crescimento das favas (as ervilhas não resistiram) e finalmente a colheita das mesmas.


Cada criança levou favas para casa e na nossa sala descascámos algumas para secar e para o próximo ano voltar a semear.

Comentários

Ai...que favas com um ar mais apetitoso...
Até dá vontade de gostar de favas!
Estas também servem para fazer carinhas e transformar em "alimentos com sentimentos"
As experiencias de acompanhamento do crescimento de plantas e animais são das mais enriquecedoras para a gente miuda. A fragilidade da vida fica-lhe mais próxima e fá-los conscencializar-se do respeito que todo o ser merece.
Rute disse…
olá sapinhos!
Obrigada pela dica. De certeza que vamos gostar de experimentar dar sentimentos aos nossos alimentos.
Anónimo disse…
Your site is on top of my favourites - Great work I like it.
»

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

Coisas de Crescidos...

Temporariamente em modo de "crescida" e afastada do jardim... mas não por muito tempo! Até já.

Dêem voz às crianças

Um artigo muito interessante, de leitura breve e bem actual.

The Disturbing Transformation of Kindergarten