Avançar para o conteúdo principal

O tempo...


O ano de 2006 está a terminar. Inevitavelmente olho para trás e, como se entrasse numa cápsula do tempo, revejo...


... as pessoas que fazem parte da minha vida desde que nasci, as pessoas que conheci e as pessoas que esqueci ou pensei ter esquecido...
... os locais por onde caminho há anos, os que descobri e os que deixei de percorrer...
... aquilo que sempre soube, o que vim a saber e o que percebi que afinal não sabia...
... o que sempre gostei, o que passei a gostar e o que definitivamente já não gosto...
... o que me fez chorar, o que me fez rir e o que me fez sonhar...
... as minhas conquistas, as minhas derrotas, as minhas indecisões...
...


Nesta cápsula do tempo, que mergulha no passado, revivo os momentos que vivi e aqueles que gostava de ter vivido. São estes últimos que ocupam mais demoradamente o meu pensamento. São estes que me fazem viver o presente e sonhar com o futuro.


Comentários

Jardins disse…
E que estes balanços e reflexões de fim de ano nos ajudem a ter vontade de ir em frente, sempre mais além. Assim se vive, assim se cresce.
Contamos contigo no 2007 que se avizinha :)
Feliz Ano Novo!
Araj disse…
Umas das coisas que guardo com carinho e tento colocar em prática, da educação recebida no seminário enquanto jovem, é o parar para reflectir no passado e pegar nessa reflexão e estabelecer metas a melhorar...

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

O prazer de cuidar, ver crescer, cozinhar e partilhar

Na nossa horta nós aprendemos a prever, a planear, a observar, a regar e a cuidar, a medir, a contar, a pesquisar, a partilhar, a cooperar... 



(A semear alfaces e couves com um avô.)

(Sensibilização para proteger a horta.)

(Colheita de feijão verde e outros legumes para a nossa sopa.)

 (Cabaz da nossa horta para oferecer ao nossos amigos e parceiros educativos da Junta de Freguesia)

(As batatinhas assadas que estavam uma delícia!)
E na horta há sempre muito para fazer e aprender. E é tão bom!!! (Tão bom que até nos esquecemos de fotografar.)

Coisas de Crescidos...

Temporariamente em modo de "crescida" e afastada do jardim... mas não por muito tempo! Até já.