domingo, dezembro 03, 2006

Ópera de Sidney no Maravilh'Arte 21


Ópera de Sidney (1954 - 73) Sidney, Austrália


Quando o edifício da Ópera de Sidney ficou concluído em 1973, constituiu uma marca geográfica, na verdadeira acepção da palavra, que colocou todo o continente australiano no mapa mundial. Trata-se de uma construção que não corresponde ao que normalmente imaginamos que o edifício de uma ópera deve ser; é, na realidade, uma interpretação completamente abstracta. A capacidade de criar arte abstracta só se desenvolveu após a invenção da fotografia em finais do século XIX, altura em que os pintores começaram a experimentar interpretações cubistas da realidade. (Este texto foi retirado daqui).

Após apuradas buscas, concluímos que não se escreveu grande coisa na blogosfera portuguesa a propósito desta candidata. Isto para não dizer que não se escreveu nada!... Ou, se se escreveu, está muito bem escondido… Por isso fica aqui um convite para uma visita virtual à Ópera de Sidney.


Este post é publicado no âmbito do concurso de desenho Maravilh'Arte 21.

Sem comentários: