quinta-feira, janeiro 25, 2007

Novas Páginas na Vida de uma Prof.

Poderia afirmar que vir trabalhar para Lamego foi o abrir de uma nova página na minha vida, com óbvias mudanças a nível profissional e pessoal (não é isto que se costuma dizer?!). Mas foi muito mais do que isso. Eu diria até que vou acrescentando novas páginas num capítulo que tem tido algum destaque nestas últimas semanas. Passo a explicar.

Depois de descobrir o uso efectivo de meias-calças por parte de grande parte da população feminina, de perceber que Lamego tem quelhos e alguns bem pitorescos... eis que me revelam uma razão para prolongar a minha estadia em Lamego durante mais tempo do que possa imaginar. E a razão?! (o renovar do contrato não era mal pensado!).

A razão apontada é o hipotético aparecimento de um laracho, quando menos esperar.
"Um quê?!" (exclamei!)
"Eu lá quero que esse nome estranho apareça na minha vida! Ainda mais sem eu esperar?!!!!" (pensei)

E perante os sorrisos divertidíssimos de quem já aqui está há mais tempo do que eu, lá me explicaram...
"Oh professora... um laracho é um rapaz ou um homem lamecense. Pode ser que encontre um e fique por aqui em Lamego..."

E eu, que faço logo o filme todo, já estava a imaginar-me a viver aqui no meio das ovelhas, de enchada na mão, de bibe aos quadradinhos, meias e chinelas, e a chamar:
"Oh Manéli!... Bem comere que a sopa está ficando fria! Oubistee?!"

E no capítulo "palavras novas que não vou esquecer" surge:
meias-calças = collants
quelhos = ruas estreitas
laracho = rapaz/homem lamecense

3 comentários:

Dona Di disse...

a saber não ocupa lugar...é semre bom enriquecermos o nosso vocabulario!!!!

Rute disse...

Dona Di

Que prazer ter-te por cá! Acho que o meu vocabulário ainda vai ficar mais extenso! Ainda tenho muito que aprender em terras lamecences! Volta sempre!

Sapito disse...

Também me parece que há muito mais para aprender...o norte tem essa tendência- alarga-nos o horizonte!! :)