Avançar para o conteúdo principal

Rescaldo dos últimos meses...


Um ano lectivo repleto de mudanças, de novas experiências e de imensas aprendizagens chegou ao fim. Agora, de "férias" em Lisboa, tento fazer um rescaldo destes meses passados, numa terra que me era desconhecida, a trabalhar no ensino superior pela primeira vez. E são tantos os acontecimentos e momentos que recordo, que seria dificil descrevê-los todos... Mas alguns recordo com um sorriso no rosto e alguma saudade...

- os primeiros mails trocados com a Maria (ainda eu estava em Lisboa) e a primeira vez que nos encontrámos em Viseu;
- a amizade, o apoio e motivação incondicional da Maria;
- a saga que foi encontrar casa em Lamego, as peripécias da mudança de casa e de vida!
- quando ía sendo praxada pelos Veteranos à entrada da ESE!;
- a primeira vez que entrei numa sala de aula e dezenas de olhos se centraram em mim na expectativa do que eu iria dizer;
- o nervosismo das alunas nas primeiras vezes que as fui observar ao estágio;
- as conversas com alunas sobre Educação e coisas afins;
- os sorrisos das crianças do JI quando me encontravam na rua;
- o peso da responsabilidade de "dar" notas, o receio de ser injusta, o sentimento de que nem tudo está nas minhas mãos;
- os jogos de futsal;
- a Semana Académica!;
- a Benção das Fitas;
- o congresso dos alunos, a semana da PP;
- as idas ao teatro com os alunos;
- a visita e as oficinas de formação da Moika, da Patricia e da Rita;
- os jantares dos 4! (papelinhos culturais, fotos e gargalhadas incluídas);
- os passeios para conhecer as redondezas;
- a mudança de casa e os preparativos para um novo ano lectivo...

E tanto que fica ainda por dizer!!!...

Comentários

Anónimo disse…
Realmente tens razão, tiveste um ano...uiui! Por tudo o que referiste e pelo que falta referir um OBRIGADA e um PARABÉNS gigantescos e com toda a certeza merecidos!!!
Jinho!

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

O prazer de cuidar, ver crescer, cozinhar e partilhar

Na nossa horta nós aprendemos a prever, a planear, a observar, a regar e a cuidar, a medir, a contar, a pesquisar, a partilhar, a cooperar... 



(A semear alfaces e couves com um avô.)

(Sensibilização para proteger a horta.)

(Colheita de feijão verde e outros legumes para a nossa sopa.)

 (Cabaz da nossa horta para oferecer ao nossos amigos e parceiros educativos da Junta de Freguesia)

(As batatinhas assadas que estavam uma delícia!)
E na horta há sempre muito para fazer e aprender. E é tão bom!!! (Tão bom que até nos esquecemos de fotografar.)

Yoga e Teatro

Os Girassóis semanalmente fazem prática de Yoga Integral. Atravessamos a estrada do nosso JI e lá estamos nós, numa sala gentilmente cedida por um nosso amigo, a mergulhar no Planeta Mágico dos Animais do Yoga. 


O Yoga também faz parte do nosso quotidiano no jardim de infância, revela-se na forma como nos relacionamos com os outros e com a natureza. E agora também na nossa relação com as Artes. Após uma ida ao teatro, resolvemos fazer a nossa própria peça de teatro, criámos diálogos, escolhemos espaços, adereços e músicas. 

Criámos e recriámos as posturas que conhecemos do yoga, interpretámos pequenas sequências de movimentos de forma adequada e adequada a cada personagem e à temática. 

Estivemos a explorar o conceito de yoga-teatro. 

Convidámos os colegas das outras salas e apresentámos o nosso espetáculo. 

Brevemente iremos apresentá-lo numa sala de teatro, perto de nós. Mais um passo nesta experiência que nos leva a ter mais interesse pelo yoga, pelo teatro e a utilizar progressiv…