domingo, dezembro 27, 2009

O Livro Negro das Cores


Ainda só o folheei virtualmente aqui mas as suas palavras e imagens já me fascinaram. Imagino agora como será tocar o negro do papel, a textura das imagens e das palavras escritas em braile. Imagino como será o negro das cores de quem as vê assim todos os dias.

A Bruaá brinda-nos com mais um livro "que nos lembra que há sempre mais para além do que vemos" e convida-nos a "reflectir sobre como será aquilo que nos rodeia para quem não vê".


Tenho a sensação que esta vai ser das minhas primeiras aquisições de 2010. lol



1 comentário:

Inês disse...

Realmente o livro é muito interessante, Rute! Faz pensar...