Avançar para o conteúdo principal

A (re)pensar a Educação de Infância


A M. vem ter comigo com o livro do Céu Nocturno na mão: "Rute, qual é esta Constelação?". Acedo ao código que ela ainda não domina: "É a Constelação Cisne". Continuo a apoiar as crianças que estavam a recortar.

Na mesma tarde, o C. chega junto de mim com um largo sorriso e uma construção de ímans na mão: "Rute, olha uma pirâmide dos faraós!"

No momento ocorreram-me dois pensamentos rápidos. Primeiro: "Estou numa sala de Educação pré-escolar?!". Segundo: "A organização do ambiente educativo é tão importante!".

E continuo para aqui a pensar e, por isso, vim só aqui babar-me um bocadinho com estas minhas crianças que todos os dias me fazem (re)ver e (re)pensar a Educação de Infância. A Educação está mesmo em mudança...

Comentários

Joana disse…
Um grande viva à mudança! Bem precisa! Ainda bem que há pessoas para o pensar!
É mesmo tempo de mudança...
Ainda bem! estas mudanças fazem-nos crescer e avançar. São um desafio constante.
Era tão mais fácil no tempo da ficha e do pico da picotagem...
Mas ainda bem que esse tempo passou!
Viva a mudança!
É mesmo, tens toda a razão.
Hoje em dia as crianças têm uma perspectiva das coisas que nós só tivemos talvez no ensino preparatório...
Mas ainda bem que assim é!

Não resisto a contar um episódio parecido que me aconteceu há três anos atrás:
Aconteceu numa visita à ESE de Viana, para um atelier de pintura de Arno Stern, quando os meus meninos tinham terminado um projecto sobre a fotossíntese.
As estagiárias de 2º ano que estavam a acompanhar a actividade acolheram o grupo e perguntaram:
- Então, meninos, já pensaram o que querem pintar?
O Tomás respondeu logo:
- Eu já, quero representar o processo da fotossíntese!

Imaginas o resultado...lol!

Bjs, Juca e Sala Fixe

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

O prazer de cuidar, ver crescer, cozinhar e partilhar

Na nossa horta nós aprendemos a prever, a planear, a observar, a regar e a cuidar, a medir, a contar, a pesquisar, a partilhar, a cooperar... 



(A semear alfaces e couves com um avô.)

(Sensibilização para proteger a horta.)

(Colheita de feijão verde e outros legumes para a nossa sopa.)

 (Cabaz da nossa horta para oferecer ao nossos amigos e parceiros educativos da Junta de Freguesia)

(As batatinhas assadas que estavam uma delícia!)
E na horta há sempre muito para fazer e aprender. E é tão bom!!! (Tão bom que até nos esquecemos de fotografar.)

Coisas de Crescidos...

Temporariamente em modo de "crescida" e afastada do jardim... mas não por muito tempo! Até já.