sábado, novembro 06, 2010

Crescer em Grupo

Um conjunto de pessoas numa sala não faz um grupo. Estamos agora mais do que nunca a tornar-nos num. Já nos conhecemos melhor e estamos a começar a construir em conjunto e a encontrar interesses comuns.

Estamos a "braços" com...
- uma casinha de fantoches
- queremos saber se as minhocas têm patas ou não porque não deu para ver bem na que encontrámos no recreio
- estamos a começar um mapa da estrada da nossa rua pois a canção que o pai do D. nos ensinou despertou muitas questões rodoviárias e não só.

E cá estamos nós já a todo o vapor e com o "grave" problema de sempre... a gestão de tudo isto.

Estou aqui a tentar postar imagens sem conseguir... fica para a próxima.

7 comentários:

sala5 disse...

Olá Rute!
É engraçado, pois eu também partilho do mesmo problema, a gestão de todos os projectos que vão surgindo. Deveriamos ter tido umas aulas sobre o assunto!
Olha, agora o meu blog está em http://omeujardimsala5.blogspot.com , visita-me!!!
Beijinhos
Carla S

rute moura disse...

Carla:

A gestão é sempre o mais "dfícil" mas eu só sei funcionar nesta "difículdade" em que andamos todos envolvidos e entusiasmados com o que queremos realizar e as descobertas feitas.

Beijinhos

M. Jesus Sousa (Juca) disse...

Olá Rute,

Nós também andamos à procura do espírito de grupo mas, devagar, devagarinho, quase sem darmos por ele, em pequenos indícios vamos vendo que ele já lá está!

Quanto à gestão... devíamos todas tirar um curso, não era?
Se tivéssemos os recursos necessários, não seria tão complicado, mas sem "mãos suficientes" é difícil "andaimar" tudo como deve ser.

Continuação de bom trabalho!

Bjs, Juca e Sala Fixe

rute moura disse...

Juca:

Nós temos ido muito devagarinho nesta caminhada de nos tornarmos um grupo e ainda temos muito que andar. Mas às vezes parece que há um boom de ideias e de convergência de interesses... aconteceu-nos agora a nós. E sim, é tão difícil "andaimar" como deve ser e sem "mãos suficientes", como dizes, é ainda maior o desafio. Mas pelo sonho é que vamos, como diz o poeta, por isso seguimos a caminhada de mãos dadas uns com os outros.
Obrigada por também seres o nosso "andaime" quando precisamos. beijo

Joana disse...

Fiquei muito impressionada com a capacidade de estar em grupo de miúdos tão pequenos. A minha filha na creche tinha um grupo e eles eram mesmo unidos e estavam mesmo em grupo! E é tão bom quando se consegue!!!

rute moura disse...

JOANA:
É bom de ver e de sentir, sim. ÀS vezes fico a pensar porque é que os adultos têm tanta dificuldade em ser e estar verdadeiramente em grupo...

Beijo

EC disse...

Pela partilha
um mimo em:
http://pontosdevista-ec.blogspot.com/2010/11/premio-dardos.html