quinta-feira, janeiro 30, 2014

Sobre festejar dias e mais dias no JI



"Uma prática pedagógica com crianças do jardim de infância (ou de qualquer outro nível), baseada apenas, ou essencialmente, na comemoração de “dias” ou efemérides é, manifestamente, pobre e uma prática pouco adequada. É tornar a educação uma sucessão de acasos, de situações desgarradas, avulsas e fortuitas. É revelador de uma prática inconsistente e ao “sabor dos ventos” (sendo, até, na maior parte das vezes, ao sabor de interesses comerciais, ou de qualquer outra índole, que nada têm de educativos)." (Manuel Rangel) 

[continuar a ler aqui]


Há muito que penso assim... mas sinto-me sempre a remar contra a corrente.

Sem comentários: