Avançar para o conteúdo principal

Infância aos 40

Os dias no Jardim sucedem-se, assim como as conversas se encadeiam e novos amigos se descobrem. A aprender a estar num mesmo espaço e a respeitar diferentes opiniões e vontades, todos nós estamos em tempo de ajustes e de cedências.  E nestas horas que passamos juntos, as nossas mentes têm andado inquietas... observando, manipulando, questionando... ou seja, temos brincado muito e por muitas razões! É assim, a brincar, que se desenvolvem aquelas tão faladas competências necessárias ao século XXI: colaborar com os outros, ser responsável, pensar de forma criativa e crítica... e tudo isto é desenvolvido quando as crianças brincam juntas. Elas resolvem problemas, focam na realização de uma tarefa, trabalham uns com os outros... Por isso, os nossos dias são sempre cheios de cor!

No nosso recreio descobrimos várias árvores: plátano, cipreste, ameixeira, medronheiro... 



Da horta vieram as cenouras e as couves...



E as experiências com água, ainda agora estão a começar...


Muitas perguntas, várias constatações, imensas partilhas e olhares brilhantes, plenos de envolvimento. Momentos que as fotos não revelam e que nos levam a concluir que é fantástico andar no jardim de infância, mesmo tendo 40 anos.

Comentários

Camila Camargo disse…
Olá professora, sou estudante e ajudo num projeto de cursinho comunitário para jovens de comunidades carentes. Nele acabo falando um pouco sobre educação e sobre produção de textos. Cheguei a este blog justamente por procurar discussões pertinentes ao cotidiano dos meus alunos. Parabéns pelo seu trabalho. Caso queira saber um pouco mais sobre meu trabalho, falei dele aqui.

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

Coisas de Crescidos...

Temporariamente em modo de "crescida" e afastada do jardim... mas não por muito tempo! Até já.

Dêem voz às crianças

Um artigo muito interessante, de leitura breve e bem actual.

The Disturbing Transformation of Kindergarten