Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2006

Tijolo a tijolo a nossa casa vai crescendo...

E já está quase...

Para lembrar outros tempos...

Salta aí esta fogueira Vem brincar a noite inteira até o dia raiar. Salta lá São João já vem na festa Traz um arco e um balão Não há marcha como esta. Ontem fomos desfilar nas Marchas de Almada. Estávamos nervosos (eles e eu!). Éramos os operários fabris que trabalhavam aqui noutros tempos, "transformando o grão de trigo em farinha". Por motivos "digitais" não tenho fotos para vocês verem. Para a semana voltamos a "actuar" no nosso Arraial de São Pedro e penso que os problemas estarão resolvidos.

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

Aprender com a Família

Desta vez foram à nossa sala de jardim de infância o pai da Jo. e o pai da I. explicar "como se fazem casas".

Um dia estávamos a conversar que os desenhos servem para muita coisa ("não é só para pôr nas paredes lá de casa ou nos museus") quando a Jo. diz: "o meu pai desenha casas". Logo em seguida a I. diz: "o pai também tem desenhos de casas".

Pois é. O pai da Jo. é arquitecto e o pai da I. é engenheiro civil. "Eles também podiam vir cá à sala explicar como se fazem casas!" - disseram logo. E assim foi.

O pai da Jo. mostrou uns acetatos com vários tipos de casas (da pré-história, dos índios, os iglos...). O pai da Inês levou o cimento, a areia, o capacete, o fio-de-prumo, a bolha de nível... e explicou as coisas que os engenheiros podem construir: casas, pontes, viadutos...
É claro que as filhas estavam muito orgulhosas mas os pais.... esses é que eu gostava que vissem as caras deles! Terminaram a sua apresentação a suar mas com um ar fel…

Aaaaahhhh! Nem dá pra acreditar!!!

É verdade... depois de tantas mensagens de incentivo parece que estou a voltar à tese!... Devagarinho...

E a Tese do Mestrado?!

Pois... a Tese do meu Mestrado tem estado parada, paradinha... já devem ter dado por isso pois nunca mais falei nela (só no primeiro post!).

Agora que o ano lectivo está a terminar... tomei coragem e vou retomá-la. Tenho que a entregar até Fevereiro de 2007 (pode parecer muito tempo... acreditem que não é!).

O estado das minhas coisas é este:


Tenho mesmo que me organizar... senão passa a ser um Monstrado em vez de Mestrado!

Mais Momentos do Projecto Kandinsky

Pintar com a mãe do T.

O T. contou-nos que a mãe tinha telas, pincéis e tintas lá em casa. Convidámo-la para ir à nossa sala mostrar-nos as suas pinturas e assim foi... o T. ajudou a mãe a mostrar as telas aos colegas. Depois todos experimentaram pintar numa tela. Eis o resultado...
Recriar um dos quadros do KandinskyDecidimos comprar uma tela grande e tentar recriar um dos nossos quadros favoritos. O resultado tem sido surpreendente...Pintar...
Colar...E continuar a pintar...Pintado por 24 Kandinkys e uma aprendiz (eu!). Que tal?!

Semana Difícil...

Preparar uma reunião de pais é uma tarefa que me ocupa sempre imenso tempo mas que me dá imenso gozo fazer. Este ano a reunião foi um momento especial para mim e para a maioria dos pais e crianças da minha sala de jardim de infância porque muitas das crianças vão para o 1º ciclo (crianças que estão comigo há 3 anos!). Ao ver o video, com fotos das crianças desde os 2 anos até agora que têm 5/6 anos e com mensagens de todas as auxiliares e educadoras que estiveram com eles durante este tempo, os pais choravam, algumas crianças também e eu não conseguia dizer nada que se aproveitasse pois as lágrimas estavam-me nos olhos constantemente. Como me disse um pai: "há alturas em que o silêncio diz mais que as palavras".

Plano Nacional de Leitura

Já foi apresentado o Plano Nacional de Leitura e hoje tive oportunidade de assistir à sua apresentação no Auditório da Feira do Livro de Lisboa. Isabel Alçada (Comissária do Plano Nacional de Leitura) e Teresa Calçada (vice-comissária do Plano) explicaram o que se pretende com este Plano e como vai funcionar e ser avaliado já a partir de Junho. O Relatório Síntese do Plano está disponível no site da Rede das Bibliotecas Escolares. No site Alcameh ou Lezíria poderá encontrar mais informações adicionais.

Dia da Criança

Como já devem ter percebido agora não falamos de outra coisa senão do... Kandinsky! São os seus quadros, os livros sobre o pintor, os pais a irem à sala...

Hoje Dia da Criança não podia ser diferente! Oferecemos às Crianças uma t-shirt... adivinhem de quem?! De quem?!!! Do Kandinsky!!!
As crianças Adoraram! Durante todo o dia exibiram orgulhosamente a t-shirt com o quadro do pintor. Quando lhes perguntavam "Quem é o Kandinsky?", respondiam "É o pintor!" (temos que explicar tudo?!...)Feliz Dia da Criança para Todas as Crianças do Mundo e para a Criança que há dentro de todos nós.