domingo, outubro 01, 2006

Há muito tempo que não era assim (pelo menos há umas semanas que não era assim! )

Hoje foi diferente.
O cheiro.

O pulsar.
O som de Lisboa.

Há muito que não era assim.
O cheiro a castanha assada.
As ruas cheias de gente.
O barulho dos carros.


Para breve está o regresso.
O cheiro.
O pulsar.
O som de Lamego.


E tudo continua.
O cheiro dos pinheiros.
O pulsar da ESE.
O som dos alunos e dos professores.


Sim, estou em Lisboa e quase quase de regresso a Lamego (cidade que estou a começar a adorar).

10 comentários:

Fatima Vinagre disse...

Adoro a baixa lisboeta!
Mas, há muito que as ruas não estavam cheias de gente? Nem havia barulho dos carros?
Essa terra de Lamego está a dar-te a volta à cabeça, não? Bj

Rute disse...

Oi Fátima!

Ontem estava mesmo imensa gente na Baixa e na verdade parece que há muito que as ruas não estavam assim (pelo menos foi o que me disse quem continua cá em Lisboa, se fosse eu era mesmo de suspeitar!).

E estou a adorar Lamego!

Beijinhos

Sapito disse...

Lisboa pode ser fantástica etc e tal, mas é tão fácil deixarmo-nos apaixonar pelo norte... :)

Inês disse...

Beijinhos, Rute!!!!

Jardineira aprendiz disse...

E diz lá se o cheiro a pinheiros não é muito melhor que o dos canos de escape!

(Não é que em Lamego não haja escapes, e naquelas subidinhas eles mostram-se bem, mas vá lá...)
Beijos

Rute disse...

Sapito:

Acho que tens razão. É mesmo fácil apaixonarmo-nos pelo norte! Mas também continuo a gostar de Lisboa!
Beijinhos


Inês:

Que bom encontrar-te aqui! Beijinhos


Jardineira Aprendiz:

O cheiro dos pinheiros é muuuuiito melhor!!!! Beijinhos

deep disse...

Depois de um fim-de-semana, em que recuperaste "in loco" os cheiros e os mimos, espero que tenhas uma boa semana, em terras lamecenses.
bjs

pitanga disse...

Rute, minha querida, o "bichinho" do interior te pegou. A qualidade de vida é tão melhor que até o nosso metabolismo muda. Ainda não sentiste?
beijinhos

Luis Eme disse...

Olá Rute. A Jo esqueceu-se de me escrever... quando vens a Lisboa atravessas o rio?

Ivo disse...

pois é Rute!! É mesmo assim!! Olha eu... Alentejano de gema.... e adoro Lisboa!! Não saío de cá!!.... No fim ainda ficas em Lamego!! (lolol)!!

BEijo