Avançar para o conteúdo principal

Cristo Redentor no Maravilh'Arte 21




Esta estátua de Jesus, com cerca de 38 metros de altura, situa-se no topo do morro do Corcovado com vista sobre o Rio de Janeiro. Projectada pelo brasileiro Heitor da Silva Costa e concebida pelo escultor francês Paul Landowski, é um dos monumentos mais conhecidos em todo o mundo. A estátua levou cinco anos para ser construída e foi inaugurada no dia 12 de Outubro de 1931. Tornou-se o símbolo da cidade e do afável povo brasileiro, que recebe quem os visita de braços abertos. (Este texto foi retirado daqui).


Aqui ficam algumas impressões blogosféricas acerca desta candidata a uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.


No Blog by Dani, a Dani explica-nos que:

O ano era 1921 e a campanha "Semana do Monumento" pedia a contribuição dos católicos para a construção da estátua do Cristo Redentor. O projeto, que começou a ser planejado naquele mesmo ano, só recebeu fundos uma década depois, quando o arcebispo Dom Sebastião Leme passou a coordenar o projeto. Os primeiros esboços deste cartão-postal foram feitos pelo pintor Carlos Oswaldo, que imaginou a estátua carregando uma cruz, com um globo terrestre nas mãos e sobre um pedestal que simbolizaria o mundo. No entanto, foram os católicos e a população do Rio de Janeiro que escolheram o formato do monumento hoje visto no alto do Corcovado. O projeto foi desenvolvido pelo engenheiro Heitor da Silva Costa e levou cinco anos para ficar pronto.

Por seu lado, a Equipe Portal da Família realça que:

É impossível imaginar uma viagem ao Rio de Janeiro sem uma visita ao Cristo Redentor. Localizado no alto do Morro do Corcovado, o monumento é a imagem brasileira mais conhecida no mundo.Todos os anos mais de 600 mil pessoas são levadas ao Cristo Redentor pela centenária Estrada de Ferro do Corcovado, o passeio turístico mais antigo do país.Pode-se subir até o alto do morro de carro, ou usar o trenzinho. Vale a pena! O trem atravessa a maior floresta urbana do mundo, o Parque Nacional da Tijuca, e a subida dura cerca de 20 minutos.

Podem ainda encontrar-se muitas informações sobre o Cristo Redentor, aqui.


Este post é publicado no âmbito do concurso de desenho Maravilh'Arte 21.

Comentários

Desambientado disse…
De facto o homem tem construções maravilhosas. Pena é que o mau consiga andar por vezes equiparado ao bom.

Boa semana.

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

O prazer de cuidar, ver crescer, cozinhar e partilhar

Na nossa horta nós aprendemos a prever, a planear, a observar, a regar e a cuidar, a medir, a contar, a pesquisar, a partilhar, a cooperar... 



(A semear alfaces e couves com um avô.)

(Sensibilização para proteger a horta.)

(Colheita de feijão verde e outros legumes para a nossa sopa.)

 (Cabaz da nossa horta para oferecer ao nossos amigos e parceiros educativos da Junta de Freguesia)

(As batatinhas assadas que estavam uma delícia!)
E na horta há sempre muito para fazer e aprender. E é tão bom!!! (Tão bom que até nos esquecemos de fotografar.)

Coisas de Crescidos...

Temporariamente em modo de "crescida" e afastada do jardim... mas não por muito tempo! Até já.