segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Pegadas na areia

As pegadas indicam um caminho, um rumo, um percurso que se fez?



As pegadas só são nossas quando olhamos para trás? Se à nossa frente estão pegadas... andámos em circulo e viemos parar ao mesmo sítio? Ou estamos a percorrer um caminho que alguém já percorreu?




Se surgem pegadas ao lado das nossas... quer dizer que alguém caminha ao nosso lado? Ou estamos a caminhar num caminho paralelo ao de alguém?




E se encontramos pegadas que vinham de encontro às nossas? Devemos mudar de rumo? Ou continuamos em frente?



E quando nos deparamos com um labirinto de pegadas? Por onde caminhamos? Que rumo tomamos?



E se não encontramos pegadas de ninguém? Caminhamos sós? Ou exploramos o desconhecido?

Pegadas...
leva-as o vento... leva-as o mar...
levo-as eu no meu pensamento e nas recordações
que nem mar nem vento podem apagar.

6 comentários:

Ivo disse...

Há muito que não passava por cá...

MAs... este post está LINDO!! ;)

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Que post delicioso!

Gostei de passar por cá!!!

1 beijinho =^.^= tarina

Rute disse...

Ivo:

Já tinhamos sentido a sua falta neste jardim. ;)

Tarina:

Ainda bem que gostou de passear por aqui. Será um prazer voltar a receber a sua visita.

david santos disse...

Olá!
Lindo, lindo e lindo!
Parabéns

deep disse...

Talvez não importem o número ou a direcção das pegadas, mas o caminho que fazemos ou o lugar onde pegadas de outros nos conduzem...

Bom fim-de-semana. Bjs

pitanga disse...

O caminho é longo. Caminhar sozinho ou acompanhado...caminhar. Sempre em frente e aprender com o que já se caminhou.


beijos de domingo

Pitanga e Pitanguinha estão na árvore.