Avançar para o conteúdo principal

Arte(s) mágica(s)



Este é mais um dos quadros de Vasarelly mas este é especial lá na sala. Desde o início do ano que as crianças abrem o livro do pintor, folheiam as páginas e param na que tem este quadro, exclamando que é uma porta mágica.

Um dia destes à hora do início do tempo lectivo da tarde, estava eu à porta da sala quando as crianças vinham a entrar com a assistente. Apeteceu-me (é mesmo este o termo) não os deixar entrar... sem antes me dizerem a palavra mágica. Responderam-me... se faz favor! (lol) Mas não era essa que eu queria... queria uma especial (a que me veio à cabeça naquela altura!). Queria a palavra mágica do Ali Baba e os 40 ladrões. Ninguém a sabia, ninguém conhecia a história. Entrámos, procurámos na biblioteca do JI e, por sorte, lá estava um livro velhinho que tinha a história. Ouviram-na com o objectivo de descobrir a tal palavra mágica. E lá estava ela: "Abre-te Sésamo!".

No dia seguinte, no momento de planeamento da manhã, volta-se a falar das produções do dia anterior (aqui) e alguém refere o quadro do Vasarelly (o do início deste post) como sendo uma porta que pode abrir com a palavra mágica "Abre-te Sésamo".

E foi o que fizemos. Dissemos Abre-te Sésamo e entrámos nesta porta mágica da imaginação. Do outro lado encontrámos:
- O mundo dos desenhos animados
- Um jardim
- Um tesouro como o do Ali Baba
- Um barco com um tesouro dos piratas
- Brinquedos
- Ouro
- Lutas
- Borboletas
- Um país
- Um campo de futebol

Abre-te Sésamo!!! E abre-se mais um mundo...

Comentários

Se eu fosse italiana diria: "Che carina", não sei substituir a expressão por português, mas sei dizer que este post me comoveu. Obrigado por este momento!
Luz
Juca disse…
Abre-te Sésamo e assim se abre a sala através de um blogue.

É bom ver o que de bom, de excelente mesmo, se vai fazendo por aí.

A imaginação, a arte, os projectos, oportunidades educativas ímpares que vão desenvolvendo e que nós temos o privilégio de acompanhar.

Obrigada e parabéns!


Bjs, Juca

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

O prazer de cuidar, ver crescer, cozinhar e partilhar

Na nossa horta nós aprendemos a prever, a planear, a observar, a regar e a cuidar, a medir, a contar, a pesquisar, a partilhar, a cooperar... 



(A semear alfaces e couves com um avô.)

(Sensibilização para proteger a horta.)

(Colheita de feijão verde e outros legumes para a nossa sopa.)

 (Cabaz da nossa horta para oferecer ao nossos amigos e parceiros educativos da Junta de Freguesia)

(As batatinhas assadas que estavam uma delícia!)
E na horta há sempre muito para fazer e aprender. E é tão bom!!! (Tão bom que até nos esquecemos de fotografar.)

Coisas de Crescidos...

Temporariamente em modo de "crescida" e afastada do jardim... mas não por muito tempo! Até já.