segunda-feira, junho 20, 2011

Simplicidade


As mãos pequenas continuam a experimentar a riqueza da simplicidade da infância. As mãos grandes tentam não a perder. Quando as nossas mãos se unem, vivemos juntos a infância da vida.

(o jardim está quase sem cores mas não andamos assim tão longe!)

2 comentários:

M. Jesus Sousa (Juca) disse...

Linda metáfora, belo pensamento. Ainda bem que dás notícias antes de o ano terminar...

Bjs, Juca e Sala Fixe

EntreTextos disse...

Isso é poeticamente lindo!!!