Avançar para o conteúdo principal

Educar não é fácil... mas é possivel

Ensino Pré-escolar Versus Ensino Superior

Não são raras as vezes que quando se pensa e fala de Ensino Pré-escolar e Ensino Superior, se vê o primeiro como um ponto de partida e o último como o ponto de chegada da formação de um indivíduo e ambos como formas de ensino completamente distintas e díspares em termos de metodologias e objectivos.

Será?! Ou melhor, deveria ser?!

Quando pensamos em Educação (e muitas vezes não se pensa) de futuros Educadores de Infância e outros profissionais das Ciências da Educação, as fronteiras ainda se esbatem mais. Vejamos apenas algumas ideias...

  • Como podemos ensinar a respeitar a individualidade de cada criança/aluno se somos os primeiros a não fazê-lo?

  • Como podemos ensinar a escutar se não os escutarmos quando partilham as suas ideias, pensamentos e angústias?

  • Como podemos ensinar a cooperar se não permitirmos a partilha e a prendizagem em grupo?

Por isso, educar é Educar!... Seja em que nível de ensino for, seja na Escola, em Casa, na Biblioteca, no Museu ou no Jardim... E não são só os Professores que Educam os alunos! Ambos estão em Educação, ambos partilham essa tarefa, ambos crescem em conjunto! Pelo menos assim deveria ser...

Educar não é fácil... mas é possivel!

Comentários

Gosto de teu optimismo... também penso assim.

Bjo e bom Domingo
Desambientado disse…
100% de acordo.
Para alguns, principalmente no Ensino Superior (e falo por experiência própria), pensa-se que ensinar é só transmitir conhecimentos, ou por vezes, repetir obras.....
Anónimo disse…
"Educar não é facil... mas é possivel" - Adorei
Se fosse fácil qulaquer um podia educar... e eu adoro o difícil
Fatima Vinagre disse…
Por aquilo que tenho visto ultimamente, talvez, neste momento, sejam os Professores e os Encarregados de Educação aqueles que mais precisam de ter Educação, porque os alunos...esses são fruto de uma aprendizagem proporcionada por ambos.
Rute disse…
olá rute
vi agora num post de julho que tinham desfilado nas marchas de almada.
onde estavas a trabalhar nessa altura? desculpa a pergunta, é que eu sou dessa zona e fiquei curiosa.
obrigado
rute matos
pitanga disse…
Rute, como queria que você fosse professora da Julinha!

beijinhos de mãe que sempre acompanhou os filhos de perto
Sapito disse…
Educar não é nada fácil...cansa e por vezes chega a doer perceber que foi um esforço que caiu no vazio!
;)
Não é nada fácil mesmo, principalmente nos dias de hoje em que as crianças e jovens trazem tantas carências de casa. Mas quando se faz com espirito positivo e coração muito pode ser feito e tenho a certeza que és uma óptima educadora!
Beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

Coisas de Crescidos...

Temporariamente em modo de "crescida" e afastada do jardim... mas não por muito tempo! Até já.

Dêem voz às crianças

Um artigo muito interessante, de leitura breve e bem actual.

The Disturbing Transformation of Kindergarten