Avançar para o conteúdo principal

Trilhos no Jardim


Olhando para o primeiro post deste blog e percorrendo os meses desde Abril até agora, encontro não só o meu percurso profissional mas também as mudanças na minha vida desde esse dia em que, quase inexplicávelmente, bati o pé e firmemente decidi: "Vou fazer um blog!". Um blog em que a educação de infância ganhasse voz através das minhas palavras e das palavras de quem nele comentasse.

Longe, longe estava eu de pensar, imaginar ou sonhar o que a minha vida iria mudar por causa deste Jardim das Cores! Caminhando pelos seus trilhos encontrei pessoas e locais que desconhecia e que agora me acompanham não só no blog mas também na «vida real», cujas cores se tornaram mais intensas.

Neste Jardim a Educação agora é vivida de uma outra perspectiva, mas com o mesmo sentimento de plenitude e satisfação que sempre senti. Do ensino pré-escolar para o ensino superior foi um passo de ampla dimensão, agravado por um salto de 400km no mapa de Portugal. Talvez por isso, este blog tenha deixado de ser um portfólio de uma Educadora em jardim-de-infância para pretender vir a ser um diário de uma Educadora no ensino superior.

Por isso, todos os que visitam este jardim me acompanharam na mudança de Lisboa para Lamego e, agora que as aulas já começaram, as alunas iniciaram os estágios e eu já estou mais ambientada a esta nova fase da minha vida, o Jardim das Cores vai continuar com a mesma missão e convicção: a Educação!

E porque a Educação é construída cooperativamente pelos alunos, professores e comunidade e todos temos algo a aprender e a ensinar... espero que continuem a comentar, sugerir e criticar pois só assim este Jardim manterá vivas as suas cores!

Comentários

engracados disse…
Olá Rute!
Estou contente por te saber bem e a gostar da minha terra :))))
Um dia destes vou até aí beber um cafezito com vocês!
Beijinhos
Brisa
Rute disse…
Brisa:

Que bom ter-te aqui! Ainda hoje estivémos a falar em ti!!! Quando vieres cá avisa!


Beijinhos
Fatima Vinagre disse…
Concerteza que irei continuar a comentar. Além do mais, a Educação é uma das grandes paixões de quem tem a missão de educar, tal como Eu e a Rute! Contudo, por vezes, parece que cavalgamos em direcção a um abismo desmesurado. Bj
pitanga disse…
Sim senhora, professora! E já agora, a que horas é o recreio?

beijinhos carinhosos
pitanga disse…
Rute, a pedidos está lá o final da história.
Bom dia
Pó_d'água disse…
É sempre bom ler-te...
Estejam as tuas palavras relacionadas com o trabalho numa sala de Jardim de Infância ou com o trabalho numa "sala de Ensino Superior".
E assim, agora temos a perspectiva de quem está do outro lado - o lado da formação dos Educadores - o que também deve ser muito desafiador. ;)

Beijinhos e continuação de bom trabalho
Inês disse…
Olá, Rute!
Será muito bom trocar impressões sobre formação dos educadores! Espero seus posts.
Beijinhos
Susy disse…
Eu vou continuar a ler os seus posts... Leitora assídua assumida! :) Beijinhos
Ivo disse…
Pois é Rute:

Grandes mudanças, Srª Professora!!

Bom Fim de Semana!! :)
marta disse…
Sou uma leitora recente do seu blog, gosto muito, por isso, vou passar mais vezes e comentar :D bjs
Susy disse…
É sempre bom de saber que pessoas que já estiveram no "terreno" possam vir a partilhar as suas experiências com os alunos, penso que é sempre uma mais valia... Dá uma outra dimensão aos formadores!
Tudo de bom nesta nova aventura! :)

Beijo

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

O prazer de cuidar, ver crescer, cozinhar e partilhar

Na nossa horta nós aprendemos a prever, a planear, a observar, a regar e a cuidar, a medir, a contar, a pesquisar, a partilhar, a cooperar... 



(A semear alfaces e couves com um avô.)

(Sensibilização para proteger a horta.)

(Colheita de feijão verde e outros legumes para a nossa sopa.)

 (Cabaz da nossa horta para oferecer ao nossos amigos e parceiros educativos da Junta de Freguesia)

(As batatinhas assadas que estavam uma delícia!)
E na horta há sempre muito para fazer e aprender. E é tão bom!!! (Tão bom que até nos esquecemos de fotografar.)

Yoga e Teatro

Os Girassóis semanalmente fazem prática de Yoga Integral. Atravessamos a estrada do nosso JI e lá estamos nós, numa sala gentilmente cedida por um nosso amigo, a mergulhar no Planeta Mágico dos Animais do Yoga. 


O Yoga também faz parte do nosso quotidiano no jardim de infância, revela-se na forma como nos relacionamos com os outros e com a natureza. E agora também na nossa relação com as Artes. Após uma ida ao teatro, resolvemos fazer a nossa própria peça de teatro, criámos diálogos, escolhemos espaços, adereços e músicas. 

Criámos e recriámos as posturas que conhecemos do yoga, interpretámos pequenas sequências de movimentos de forma adequada e adequada a cada personagem e à temática. 

Estivemos a explorar o conceito de yoga-teatro. 

Convidámos os colegas das outras salas e apresentámos o nosso espetáculo. 

Brevemente iremos apresentá-lo numa sala de teatro, perto de nós. Mais um passo nesta experiência que nos leva a ter mais interesse pelo yoga, pelo teatro e a utilizar progressiv…