Avançar para o conteúdo principal

Só podia dar nisto!!!


Passei o fim-de-semana enclausurada na casa branca no meio da serra, tendo como companhia os livros, os papéis, o computador, na tentativa de avançar a tese e de poder dizer “está quase terminada!”.

Pois… não tenham ilusões… realmente avancei, enviei trabalho para o orientador… mas isto de ficar enclausurada (como uma princesa no cimo da sua torre… mas sem estar à espera do príncipe pois, segundo dizem, eles já não são o que eram!), decididamente não funciona!!!


O cansaço apodera-se de nós e por mais vontade que se tenha de trabalhar não se tem o mesmo rendimento! (que grande descoberta, realmente!)


Por isso, hoje acordei e resolvi aproveitar o facto de só ir dar aulas à tarde (quem tem vontade de ir dar aulas às 17h da tarde?! Eu não… de certeza) … entrei no meu coche (ou seja, no meu peugeotzito) e desci a serra! Vidros abertos, o sol quentinho, o cantar dos pássaros, o cheiro a pinheiros e a champanhe… (não estou a delirar! Pelo caminho passo pela fábrica da Raposeira!!!).

E finalmente cheguei à cidade. Caminhei por entre as pessoas… primeiro com um passo rápido… depois mais devagar… cada vez mais devagar… entrei por ruas estreitas… passeei no jardim… olhei para o escadório da Nossa Senhora dos Remédios (hoje não… não vou lá acima!) … ouvi do outro lado da rua “Bom dia professora!” e respondi acenando…

Quando resolvi voltar ao cimo da serra, entrei no carro e saí do estacionamento… por cima do passeio!!! A Rute no seu melhor!!! De volta à cidade depois de uns dias fechada a sete chaves no seu castelo encantado!!! Só podia dar nisto…




Próximo fim-de-semana que passar em Lamego vou sair de casa. Ai vou, vou! E tiro fotos!

Comentários

pitanga disse…
Ora muito bem! Vou fazer aqui algumas retificações ao texto da Sra. Professora. Passas-te o fim de semana na companhia dos livros, computador e...essa paisagem "muito feia". Quanto ao príncipe, pode ser que a Senhora dos Remédios te mande um que não vire sapo.
Agora, desceres a serra num dia de sol e ainda passar à porta da Raposeira, isso já é demais!
Não há uma vaga para mim de mãe representante de turma nessa escola?
Estou adorando Lamego. Quando começares a tirar fotos, então...

beijos, Rute. Deves ser uma pessoa muito especial para estar vivendo um momento tão bonito.
pitanga disse…
Olha, retira esse hífen do passaste, senão quem não passa de ano sou eu...hehehe
Fatima Vinagre disse…
O que fizeste decerto foi o melhor, pois de seguida mesmo que voltasses à tese, já não te sentias tão cansada. Contudo, por experiência própria, penso que não desfrutaste bem do teu passeio. Não passaste todo o tempo a pensar na tese? No que poderias adiantar, se estivesses em casa e com "pachourra"? Etc, etc, etc. Bj
deep disse…
Boa semana e bom trabalho. Bjs
'Tá Difícil disse…
E pareceu-me um belíssimo programa. Gosto de passear e geralmente só o faço aos fins de semana, que é quando não estou a trabalhar. Mas se há coisa que me dá prazer é passear num dia de semana que não seja feriado.

Quanto às fotos de Lamego... sempre quero ver isso. Promessas...

Um beijinho
Até muito breve.
Sapito disse…
Por cima do passeio Rute?!
Realmente é melhor dares uma voltinha no pr´ximo fds! Tira muitas fotos e depois mostra aqui a nós! :)
Rute disse…
Pitanga:

A paisagem aqui é mesmo "muuuuito feia" como já deves ter percebido! Quanto ao princípe até pode ser que apareça, quem sabe?!



Fátima:

Foi bom sair, sem dúvida. Ao fim de algum tempo e algum esforço consegui deixar de pensar na tese!!!


Deep:

Obrigada por passares por aqui. Boa Semana!


'Tá Difícil:

Foi bom passear e na minha cabeça outras coisas e pessoas ocuparam o lugar da tese. Acho que foi por isso que passei por cima do passeio!!!



Sapito:

Podes crer que vou sair!



Beijinhos para todos!
fez-me recordar algumas cenas...

big boa semana

Mensagens populares deste blogue

Mãos à Obra!!!

Quando o pai da I. esteve a explicar-nos "como se fazem casas" (post anterior) ofereceu-nos um presente! Vejam só...
Os tijolos, as telhas... tudo em miniatura mas em tijolo! O "cimento", a pá de pedreiro... É o máximo, não acham? Agora só faltava pôr "MÃOS À OBRA"! Foi o que fizémos! Depois de misturar o pó com a água ficámos com cimento e começámos a construir a nossa Quinta. Sim, é uma Quinta e tem um poço e até animais.Tijolo a tijolo a nossa Quinta vai crescendo! É preciso muito trabalho de equipa porque isto da Construção Civil é trabalho pesado!E quando quisermos "mudar de casa" basta pôr esta dentro de água e ficamos com tijolos para construir outra vez! Quando a nossa Quinta estiver pronta estão convidados para uma "visita", fica combinado!

Coisas de Crescidos...

Temporariamente em modo de "crescida" e afastada do jardim... mas não por muito tempo! Até já.

Dêem voz às crianças

Um artigo muito interessante, de leitura breve e bem actual.

The Disturbing Transformation of Kindergarten