sexta-feira, outubro 23, 2009

Tou feliz! Tou feliz! Tou feliz!


Dizia o T. aos saltinhos.

Perguntei-lhe o porquê de estar tão feliz mas a sua resposta veio acompanhada de um encolher de ombros, uns olhos brilhantes e um sorriso enorme: "tou feliz!".

É preciso haver uma razão para estar feliz?! Só mesmo os adultos é que têm de ter um motivo para estarem felizes e, mesmo assim, nem sempre é suficiente!!

Fiquei tão feliz por ele estar feliz (cá está o tal motivo!! lol) que quase me apetecia dar pulinhos também!

1 comentário:

Juca disse...

E qual é o problema?
Dá mesmo vontade de pular, saltar e cantar, quando vemos os nossos meninos felizes!

Mas para isso é preciso olhar e ver, ouvir e escutar, é preciso estar atento e observar e isso nem todos os educadores têm o cuidado de fazer.

O T. têm muita sorte por ter a educadora que tem, que sabe valorizar estas pequenas-grandes coisas do dia a dia!

Bjs, Juca